No dia do nascimento

O kit Criovida  deve ser levado para a Maternidade / Hospital / Clínica na altura do parto e deve ser entregue à equipa médica que assistirá o parto para que esta proceda à colheita do sangue do cordão umbilical e/ou do tecido do cordão umbilical, do sangue periférico materno e do fragmento do cordão umbilical.

O kit Criovida de colheita deverá ser entregue à equipa médica com todos os dispositivos que o constituem e o envelope com a Documentação para os Profissionais de Saúde.

Não. A colheita do sangue do cordão umbilical e do tecido do cordão umbilical é totalmente indolor, sendo um procedimento não invasivo e deve ser feita apenas pela equipa médica que assiste ao parto, podendo ser efetuada em caso de parto normal ou cesariana.

A colheita do sangue do cordão umbilical e do tecido do cordão umbilical nunca deverá interferir com a metodologia habitual de assistência no momento do parto.

Após o parto, a equipa médica devolve aos pais o kit Criovida selado com as amostras devidamente acondicionadas.

Os pais deverão preencher os dados de identificação solicitados na tampa do kit Criovida e contactar a Linha Criovida 808 106 106 (todos os dias, das 9:00 às 23:00) a solicitar a recolha.

A Linha Criovida 808 106 106 está disponível todos os dias, das 9:00 às 23:00. A recolha e o transporte do kit Criovida com as amostras para o laboratório Criovida é feita de acordo com o planeamento da empresa transportadora, nunca ultrapassando as 48 horas após a solicitação da recolha.

.